Carol Passos

Crônicas e percepções. Nem tudo que escrevo aqui é real

os meninos caminham pelas ruas, soltos e tranquilos. viram esquinas, levantam taças, canecas e latas. juntos os meninos brindam e sorriem, se engraçam e distribuem olhares de desejo.
os meninos parecem simples, mas carregam dentro de si o peso da vida. eles escondem dor em piadas, tragadas, goles e gozos ocasionais.
sozinhos os meninos se afogam e se entristecem. eles se apequenam, adoecem e cerram os olhos. quando dormem, sonham com as belezas do que não podem ter e acordam certos de que tudo há de passar.
os meninos enxergam apenas o mundo dentro de si, atravessam a rua sem olhar para os lados, comandam países e decidem tudo pelos outros. meninos machucam sem ouvir, atravessam corações e não se arrependem.
meninos caminham pelas ruas, soltos e tranquilos. meninos não têm medo de nada só de tudo o que os assusta.


(inspirado pela leitura do livro Três Porcos, de Marcelo Labes)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: